Victor Hugo Mendes, é natural de Malanje-Angola, nasceu a 4 de Novembro de 1982. Jornalista, apresentador de televisão, palestrante e autor dos livros “O meu livro de pensamentos”,  “Face69” e “Tchiwekinha o menino vencedor”.

Victor Hugo Mendes começou o seu trabalho aos 14 anos de idade na sua terra natal e por mérito conquistou o título de uma das maiores referências da sua geração no jornalismo angolano, sendo hoje o profissional com mais seguidores nas redes sociais.

Conta com passagens pela Rádio Eclésia – Emissora católica de Angola, Rádio Luanda e uma colaboração na rádio Namíbia 99.0 enquanto estudante de Inglês naquele país. Bacharel no Curso de Comunicação Social na Universidade Privada de Angola.

Em 2009 foi trabalhar como apresentador no Canal 2 da TPA.

De 2011 à 2014 – esteve como apresentador do programa Janela aberta no Canal 1 da TPA e 2015 apresentou o programa “Kero ganhar” do Hiper Mercado Kero.

Experiente em trabalhos internacionais como Bélgica, Holanda, Namíbia, África do Sul, Brasil, Estados Unidos, Inglaterra, Polónia, Finlándia, Itália e Portugal. É Co-autor de um projecto musical denominado “Relíquias Negras” e redactor exclusivo de vários inúmeros documentários com destaque para os sectores da Educação, petróleos, Governos Provinciais, Transportes, Portos.

Vencedor do prémio moda Luanda 2013 como melhor apresentador de entretimento e prémio Angola 35º (graus) na categoria de comunicação social. É padrinho de mais de 40 crianças meninas com idades entre os 2 e 25 anos e muitas vezes junta amigos ou faz campanhas na internet para ajudar as crianças de Malange e não só.

Victor Hugo Mendes, é porta-voz da liga da velha guarda de Malanje, associação filantrópica, apartidária que há 25 anos desenvolve um trabalho respeitado e aplaudido pelas autoridades da província. Palestrante de temas de motivação e auto ajuda para juventude a nível nacional e internacional.

Actualmente é jornalista colaborador da MFM 91.7 em Luanda, já foi apresentador colaborador da TV Zimbo e tem uma relação profissional de freelance com a ZAP.

Foi orador de palestras em Angola, Portugal, Estados Unidos, Africa do Sul, Moçambique, Namíbia, Polónia e Brasil.